domingo, 25 de março de 2012

CÉREBRO SUPREMO


Pode ser que eu esteja errado quanto minha negação ao big-bang, entretanto, tudo o que nos pareça incógnita falsificamos de infinitude pela impossibilidade incompetente de enumerar por completo a latitude.

É uma virtude a qual talvez só alcancem as nossas evoluções, caso delas advenha um cérebro mais avantajado que se permita ser guiado pela mais completa razão empírica a que ainda não temos acesso.

Talvez uma tecnologia que só o futuro possa nos dar mostre o que houve antes do big-bang, se é que houve um, ou vários, não sei; talvez tenha existido uma espécie de manto universal feito estritamente de pedaços da suposta matéria original;cada partícula tão mínima que não posso afirmar se algum dia a encontraremos, mesmo com um cérebro supremo do qual não somos dotados.

ATEU POETA
14:54
24/03/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário